Allgenius

Anvisa Proibe o uso interno do Aplicativo Zoom

Olá clientes e amigos!
Sejam bem-vindos ao Blog da Allgenius!

Dessa vez estamos trazendo um artigo sobre o app Zoom e um comunicado interno da Anvisa que está circulando na internet. Baseado nas informações e fontes pesquisadas, estamos aconselhando nossos clientes e colaboradores a desinstalarem o app de seus smartphones e computadores. Mas vamos aos fatos:

Primeiramente vamos conhecer a plataforma:
o Zoom se tornou muito popular do ano passado para cá, como uma ótima ferramente para criar conferências e transmissões ao vivo. Muito utilizado por profissionais de marketing digital para ter um contato mais próximo do seu cliente. Com o distanciamento social e algumas pessoas de quarentena preventiva. Cresceu esponencialmente seu uso para reuniões e trabalho home office.

O que aconteceu?
A Anvisa emitiu um comunicado interno para seus funcionários, para que parassem de usar a plataforma. Segundo a Agência Brasil:

“A área de tecnologia da informação da Anvisa teria tomado contato com análises de especialistas em segurança cibernética em fóruns internacionais nas quais foram apontadas falhas graves de segurança no recurso Zoom meeting.”

E como o próprio diretor executivo da Zoom, Eric Yuan reconheceu as falhas, atribuindo-as a recente explosão de novos usuários (de 10 milhões em dezembro para 200 milhões em abril). Mais detalhes sobre as declarações dele no site da Agencia Brasil.

A plataforma sofre com problemas de privacidade além de acusações de repasse de dados para o Facebook, mesmo de pessoas que não tenham conta na rede social. Com base nisso estamos indicando a nossos clientes e colaboradores que não façam uso do App.

Mas para não ficar na mão na pandemia, indicamos diversas outras plataformas de videoconferências como: o google Hangout, o (velho e querido) Skype e o Microsoft Teams (pago). Para mais informações sobre essas plataformas clique aqui

Obrigado por acompanhar e até o próximo Post!

Ah! E não deixe de conhecer um pouco mais da nossa empresa acessando nossa página principal clicando aqui!

Facebook une 27 empresas, lança moeda virtual Libra e invade espaço dos bancos

O Facebook, ao lado de outras 27 empresas, resolveu investir pesado no mercado financeiro. A companhia anunciou, nesta terça-feira (18), a criação da Libra, uma criptomoeda impulsionada no blockchain, que armazena dados, como acordos e transações em uma rede de computadores. A gigante de tecnologia também informou que a moeda virtual fará parte de sua nova carteira digital – a subsidiária Calibra, que estará disponível inicialmente no Messenger e WhatsApp. A ideia é lançar as novidades no ano que vem….

Entre as empresas estão  de venture capital, de criptografia, de telecomunicações e do mercado financeiro, como Coinbase, Mastercard, Visa, eBay, PayPal, Stripe, Spotify, Uber, Lyft e Vodafone.

Segundo informações do “Wall Street Journal”, empresas como Mastercard, Visa, Paypal e Uber vão investir mais de US$ 10 milhões cada uma para viabilizarem o projeto do Facebook.

Para especialistas, essa chancela por parte de gigantes do mercado de pagamentos pode ser o ponto de inflexão para fortalecer a confiança dos atuais investidores em criptomoedas, atrair novos participantes e consolidar as moedas virtuais de uma vez por todas.

O Facebook espera que a moeda digital não apenas potencialize as transações entre consumidores e empresas em todo o mundo, mas que ofereça serviços financeiros aos consumidores sem acesso a banco, a previsão é de que a moeda possa ser utilizada pelo público a partir de 2020.
  • Podemos observar  que  as empresas  Visa e  Mastercard que fazem parte de instituições financeiras  de pagamento que substitui o uso de dinheiro em espécie entrou nessa  “onda”, os pagamentos com Criptomoedas como Bictoins e agora a Libra vislumbra-se  uma nova  realidade para pagamentos em um modo geral incluindo também o varejo (Mercados, Super mercados e etc.)
  • Não esta convencido que esse novo meio de pagamento  pode acontecer?
  • Tudo bem vamos  rapidamente apresentar um pouco da evolução dos meios de pagamento até os dias de hoje.

 

Os animais são os meios de troca mais antigos de que se tem notícia. Por serem valiosos, vacas, carneiros, ovelhas e camelos eram geralmente aceitos como forma de pagamento. Utilizar seres vivos como moeda, no entanto, era pouco conveniente. O passo seguinte foi dado na Mesopotâmia, em 3 mil a.C., com a substituição do uso de animais por medidas de grãos. Conchas foram usadas na China, África, Oceania e nas Américas por volta de 1.500 a.C.

Das conchas às moedas, 1.000 a.C.

Por volta de 1.000 a.C, surgem na China as primeiras moedas de bronze. Em 610 a.C, as primeiras moedas feitas de metais preciosos, como ouro e prata, são utilizadas no Reino da Lídia, região ocidental da atual Turquia.

Das moedas para as cédulas de papel, 618 d.C. — 1600

Para evitar o uso excessivo de cobre em grandes transações comerciais, os chineses, que já haviam inventado o papel alguns séculos antes, criaram as cédulas de papel durante a dinastia Tang (618–907 d.C.).

O estabelecimento do Padrão Ouro, 1816–1914

Em 1816, os ingleses adotaram o ouro como padrão monetário, sendo seguidos pelos alemães e norte-americanos em 1873,  no chamado Padrão Ouro e foi o primeiro sistema monetário internacional, e vigorou até a eclosão da primeira guerra mundial, em 1914.

Os Charge Cards, década de 1920

Algumas lojas de departamento e redes de hotéis criaram o Charge Cards e o Charge Plates, uma espécie de avô dos atuais cartões de débito. Através da apresentação de uma pequena placa de metal que trazia o nome do estabelecimento e a identificação do cliente, era possível para o portador efetuar um pagamento no estabelecimento emissor sem a utilização de dinheiro.

O surgimento da indústria de cartões, décadas de 1950 e 1960

Uma ideia simples, porém revolucionária. Um ano depois, McNamara e um sócio reuniram 27 estabelecimentos e cerca de 200 amigos e lançaram o Diners Club Card. O sucesso da iniciativa acabou dando origem a indústria moderna de cartões.

A primeira ATM, 1967

Em 1967, a primeira ATM entrou em operação em uma agência do Barclays Bank, em Londres, inaugurando a era dos pagamentos eletrônicos.

Cartões com tarjas magnéticas, década de 1970

Na década de 1970, o uso de cartões com tarjas magnéticas foi padronizado, permitindo aos estabelecimentos verificar as transações eletronicamente. Este avanço reduziu substancialmente o tempo gasto em uma operação. Nos anos 1980, as redes de cartões de pagamento se tornaram globais e, pela primeira vez, foram utilizadas em conjunto com um Personal Identification Number (PIN) em um terminal Point of Sale (POS).

Cashbacks e programas de recompensas, 1986

Em 1986, a varejista Sears introduziu o cartão Discover, que oferecia aos consumidores um pequeno desconto em todas as suas compras, e criou os sistemas de cashback e recompensas.

Cartões com tarjas magnéticas, década de 1970

Na década de 1970, o uso de cartões com tarjas magnéticas foi padronizado, permitindo aos estabelecimentos verificar as transações eletronicamente. Este avanço reduziu substancialmente o tempo gasto em uma operação. Nos anos 1980, as redes de cartões de pagamento se tornaram globais e, pela primeira vez, foram utilizadas em conjunto com um Personal Identification Number (PIN) em um terminal Point of Sale (POS).

Os Cartões com Chip, década de 1990

O início dos anos 1990 viu a chegada dos cartões com chips, também chamados de SmartCards (ou EMV). Os cartões de tarja magnética haviam sido um enorme sucesso, mas a tecnologia era especialmente vulnerável à clonagem e, com isso, o número de fraudes era crescente. O chip acrescentou ao plástico a capacidade de armazenar e processar informações, devidamente protegidos por protocolos criptográficos no próprio terminal POS, o que proporcionou um aumento considerável na segurança das transações.

Os sites de comércio eletrônico, 1994

Em 1994, a Internet, que até então havia sido um território ocupado quase que exclusivamente por acadêmicos e pesquisadores, se abriu para o uso comercial.

Em agosto do mesmo ano, aconteceu a primeira compra realizada com um cartão de crédito em um site de comércio eletrônico.

Em 1995, Jeff Bezos lança a Amazon.com. Nos primeiros anos, a empresa concentra sua operação na venda online de livros. Em 1997, a Amazon se transforma no primeiro varejista online com mais de um milhão de clientes. Em 1998, a empresa expande sua atuação para música online e vídeos. No ano seguinte, passa a atuar também com brinquedos, eletrônicos, ferramentas e equipamentos.

PayPal e o surgimento das carteiras digitais, 1998

Em 1998, uma startup na Califórnia chamada PayPal criou um serviço que permitia a qualquer pessoa com um endereço de e-mail se cadastrar, enviar e receber dinheiro eletronicamente de outros usuários.

Os primeiros pagamentos móveis por SMS, 1999

Em 1999, a Ericsson e a Telenor Mobil apresentaram a primeira solução para compra de ingressos de cinema onde o aparelho celular atuava como um terminal de e-commerce.

A evolução da IoT, a partir de 2008

Em um dia comum entre os anos de 2008 e 2009, ocorreu um momento bastante singular, porém pouco notado pela maioria das pessoas. Pela primeira vez na história, mais ‘coisas’ do que seres humanos estavam de fato conectadas à Internet. Pulseiras, relógios, botões, aparelhos domésticos, assistentes pessoais, veículos conectados e residências inteligentes. Todos estes objetos são atualmente capazes de oferecer experiências de compra onde o pagamento é transparente ou pouco percebido. A cada dia, elas ganham maior espaço sobre transações realizadas com os meios de pagamento legados, como moedas de metal, notas de papel e cartões de plástico.

BitCoin, a primeira aplicação baseada em Blockchain, 2008–2009

Em 2008, décadas de pesquisa em criptografia e redes distribuídas resultaram na publicação do documento “Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System”, por um autor desconhecido sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. A primeira transação Bitcoin ocorreu no dia 12 de janeiro de 2009. Nasciam as criptomoedas e as tecnologias de blockchain.

ApplePay e os pagamentos sem contato autenticados por biometria, 2014

Durante o evento de lançamento do iPhone 6, em setembro de 2014, a Apple anuncia o ApplePay, solução de pagamento móvel combinado a uma carteira digital, em parceria com a American Express, MasterCard e Visa. O sistema utiliza a tecnologia NFC para substituir cartões de crédito e débito em terminais POS habilitados para comunicação sem fio, com a adição de um segundo fator de autenticação via biometria (Touch ID), PIN ou senha.

Em 2015, surgem os competidores. Em maio, o Google lançou o Android Pay. Em agosto, foi a vez do Samsung Pay.

E agora foi convencido(a) rs..

É A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL ESTAMOS DE OLHO !!!

E aí! Gostou da matéria ?
Então deixa um comentário, conta pra gente o que achou e pensa sobre o tema!!!

Clique aqui para falar conosco no Whatsapp!

#EstamosJuntos sempre!

Conte com a equipe Allgenius para te ajudar a crescer.

E não esqueça de seguir a gente nas redes sociais:

Nosso Instagram

Nosso Facebook

Link direto para nosso WhatsApp

Grande abraço e até a próxima!

Evolução das formas de pagamento fonte:

Ecommercebrasil

https://bit.ly/2ufJVJP

Cancelamento NFCe: Mudança no prazo de 24h para 30 min!!!

Ajuste SINIEF 07/18 trouxe algumas alterações relacionadas ao cancelamento da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFCe).

De acordo com cláusula décima quinta o prazo de cancelamento mudou para 30 minutos, o que antes poderia ser feito até 24 horas. Ou seja, na nova regra, o emitente da nota só poderá solicitar o cancelamento da NFCe na seguinte condição:

 

  • A mercadoria não pode ter saído em prazo superior a 30 minutos.

Porém, esse tempo pode ser reduzido de acordo com cada unidade federada, contando do momento em que foi concedida a Autorização de Uso da NFCe.

Portanto, é importante que as empresas já estejam preparados para essa mudança. Com todas as atualizações necessárias prontas, devido a produção ter entrado em início no mês passado. Veja as datas:

 

  • Teste até 25/02/2019 e
  • Produção em 29/04/2019.

Confira o funcionamento de outros tipos de cancelamento abaixo:

 

Cancelamento por substituição

Esse evento, que foi criado recentemente (Dezembro de 2018), deve ser utilizado apenas quando existir uma NFCe em duplicidade. Sendo que essa nota deve ter sido emitida e autorizada em contingência anteriormente e acobertada pela mesmo operação. Diferente do cancelamento anterior, o Cancelamento por Substituição pode ser feito em até 168 horas (7 dias). É válido lembrar que esse prazo pode variar de acordo com as legislações estaduais.

O cancelamento por substituição entrou em produção no dia 29 de Abril de 2019.

Cancelamento Extemporâneo da NFCe

Depois que o prazo previsto na legislação para cancelamento é ultrapassado, existe a possibilidade de realizar um Cancelamento Extemporâneo. O cancelamento extemporâneo é o cancelamento da NFCe após o prazo previsto na legislação que era de 24 horas após a concessão da autorização de uso e agora passou a ser 30 minutos. Já para que o cancelamento ocorra é necessário solicitar a autorização do Fisco.

Porém, não são todos os Estados Brasileiros que aderiram a esse tipo de Cancelamento e divulgaram um processo formal para o cancelamento após o prazo. Apenas:

  • Amazonas;
  • Rio de Janeiro;
  • Rondônia;
  • Sergipe.

 

link direto da sefaz : sefaz rj

 

 

“Quer ir rápido? Vá sozinho. Quer ir longe? Vá acompanhado…

Nós queremos ir longe!”

Clique aqui para falar conosco no Whatsapp!

#EstamosJuntos sempre!

Conte com a equipe Allgenius para te ajudar a crescer.

E não esqueça de seguir a gente nas redes sociais:

Nosso Instagram

Nosso Facebook

Link direto para nosso WhatsApp

Grande abraço e até a próxima!

 

Fonte:  Oobj

 

 

10 Anos de Existência! Post Comemorativo!

Hoje é dia de Agradecimento, este ano nós comemoramos 10 anos de existência! Não é incrível?

E agora olhando para trás, conseguimos ver todo o caminho percorrido e a mão de cada um que nos ajudou a chegar até aqui.

Todos os desafios e dificuldades que se transformaram em superação e combustível para ir cada vez mais longe.

Com muita humildade e pé no chão, seguimos crescendo aos poucos o que não seria possível sem todos os colaboradores que passaram por nossa empresa;

Todos os Clientes que confiaram em nossa capacidade, desde o primeiro até o mais recente!
Todos os parceiros que nos deram uma oportunidade ou nos ajudaram de alguma forma.

Foram 10 anos de muito trabalho e dedicação. Olhamos para trás com nostalgia mas sem se prender ao passado. Afinal ainda temos um longo caminho a percorrer.

Esperamos ter muitas novas histórias para contar nos próximos 10 anos e ter cada um de vocês ao nosso lado será uma honra.

“A melhor maneira de nos prepararmos para o futuro é concentrar toda a imaginação e entusiasmo na execução perfeita do trabalho de hoje.”
– Dale Carnegie

#Obrigado #10Anos #umadecada #QueVenhamMais10 #Allgenius

A Allgenius está na revista Super Negócios 8ª edição!!

É isso mesmo!

No início da pré-divulgação do nosso evento de palestras o Fórmula do Varejo, nós em parceria com o Grupo FGF, Grupo Stratege e Net&Com Telecomunicações, realizamos um artigo super interessante para você que é Supermercadista, na revista Super Negócios.

Lá falamos sobre as maiores queixas de nossos clientes e como resolvê-las, vale a pena a leitura!

E como a Allgenius está sempre pensando na sua comodidade, você não precisa baixar a revista! Pegue um café e leia diretamente aqui abaixo! (Estamos na página 40  )

revista-super-negocios-asserj-oitava-edicao-marco-2019

Link de Download:
http://asserj.com.br/revistasupernegocios/revista-super-negocios-asserj-oitava-edicao-marco-2019/?fbclid=IwAR3yks0gKKyWhxs9MuDAO1MOS4SojyFBARAb5B23VWr4OYe02muihdBze54#

5 dicas para evitar as filas e que seus caixas PAREM!

 

Quando o caixa para é sempre um problemão… e quando fica aquela fila enorme? Assusta qualquer cliente, não é mesmo?
Um dos serviços prestados aqui pela Allgenius é o de manter o caixa sempre funcionando e caso tenha algum problema maior, correr e trocar o que precisa para o PDV voltar a funcionar o mais rápido possível. Então nós temos bastante experiência com essa situação.

Como vocês estão sempre aqui, seguindo nosso blog e nossas redes sociais, vamos dar umas dicas que resolvem a maioria dos problemas nos caixas.

Mas se não der jeito, seu caixa não pode parar, liga para a gente e vamos te ajudar a resolver!

Link direto para nosso WhatsApp

Vamos as dicas!


1- Treinamento de equipe

Não podemos ignorar um fato: um das causas de grandes filas em estabelecimentos comerciais é o fator humano. Falta de agilidade e inexperiência na hora de operar um software de gestão de vendas são alguns dos motivos que levam o funcionário a tornar todo o processo de venda uma experiência ineficaz, complicada e demorada.

Para evitar este tipo de problema, é importante investir na qualificação de sua equipe e sempre reciclar os seus conhecimentos através de treinamentos e cursos, para que o atendimento ao cliente seja realizado de forma ágil e organizada. Eis alguns pontos importantes:

  • Operador(a) saber fazer o troco;
  • Registro dos produtos de forma eficaz, evitando cancelamento de item e devolução;
  • Além de agilizar a fila, ganha pontos com a prevenção de perdas se aprender sobre produtos similares, exemplo: maça gala/maça argentina; laranja pera/laranja lima; acém/picanha; entre outros. Saber diferenciar os produtos é muito importante!

Verificar as métricas de eficiência com um bom sistema e ver qual operador(a) foi mais rápido,teve menos cancelamentos,pouca quebra de caixa e assim até o destacar na empresa como colaborar(a) do mês, ou algum tipo de bônus, até mesmo financeiro.

 

2- Software e equipamentos de qualidade

Usar um software não vai apenas ajudar você na frente de caixa, mas sim em todos os outros processos de sua loja.

Desta forma, quem não utiliza os equipamentos ideais ou um sistema de gestão, está mais suscetível a erros e dores de cabeça em processos simples. Siga essas dicas:

  • Nos seus caixas procure um software de qualidade, prático e rápido na comunicação com a Receita;
  • Infraestrutura e cabeamento certo, para sua rede ter uma boa performance e não travar;
  • Periféricos como: impressora, leitor, gaveta, computador e tudo que compõe o seu PDV. Certifique-se que tudo seja da melhor qualidade possível;
  • Elétrica com aterramento, estabilizada e com NoBreak;
  • Servidor que seja dimensionado ao porte que sua loja precisa;

São coisas simples que geralmente não se da muito valor, porém causam muito impacto no seu dia a dia. Por exemplo: você sabia que o cabo de rede não pode tocar em um cabo de energia elétrica? Que existem várias categorias de cabo para cada tipo de projeto?
Pois bem, existem muitos perguntas e todas possuem respostas! Basta que passe a dar importância a tecnologia, você pode salvar o coração do seu negócio, o FRENTE DE LOJA, esse não pode parar de jeito nenhum!!!

Self-Checkout é o assunto do momento e vale a pena pensar neste conceito, pois é rápido, seguro e ainda ajuda no custo de operação. Faremos um post sobre isso mais pra frente!

Com tudo isso simplificado, você ganha tempo para executar outras tarefas, que exigem mais da sua atenção e do seu tempo.

3- Horários 
Desenvolver uma escala de trabalho que facilite o atendimento nos momentos de pico é essencial. Para o consumidor, a impressão que se tem é de que nos dias e horários de maior atendimento tem menor número de funcionários atendendo.

4- Utilizar estratégias de marketing

Técnicas mercadológicas usadas quando a empresa quer alcançar a demanda de seus serviços em determinados horários que não se tem muito movimento entre oferta e demanda. Alguns exemplos de marketing utilizados no mercado: promoções em dias de menor procura, promoções lançadas em determinados horários, com inicio e fim das mesmas, ou a cada dia da semana um tipo de departamento em promoção.

Usar as Ferramentas de mídias sociais e aplicativos de CRM(Customer Relationship Management – Gestão de Relacionamento com o Cliente) para alavancar suas vendas juntamente com um setor de entregas eficiente.

5- Torne a espera menos aparente

Apostar em ferramentas de entretenimento pode ser extremamente positivo. Televisões com mídias indoor, música – ao vivo ou não – e playground para as crianças são alguns exemplos que ajudam a distrair os clientes e diminuem a percepção de tempo.

Oferecer bebidas e servir alguns petiscos como cortesia também são iniciativas válidas para cativar e amenizar o tempo em quanto aguardam sua vez.

 

E aí! Gostou das dicas?
Então deixa um comentário, conta pra gente quais problemas você mais enfrenta!

E não esqueça de seguir a gente nas redes sociais:

Nosso Instagram

Nosso Facebook

Link direto para nosso WhatsApp

Grande abraço e até a próxima!

Lei obriga hiper e pequenos mercados a terem balanças para conferência de peso

Olá supermercadistas do meu Brasil!

Está em vigor no Rio de Janeiro, desde julho de 2018, a lei 8041/18 que obriga a presença do equipamento e altera a lei 2.486/95, que englobava apenas os supermercados.

-“Ok! Mas o que isso quer dizer na prática?”

Quer dizer que, agora, os Hipermercados e estabelecimentos menores” também estão obrigados a ter as balanças de conferência de peso, em local visível e de fácil acesso aos clientes. A nova lei especifica da seguinte forma:

  • Hipermercados e Supermercados – Devem possuir no mínimo 2 (duas) balanças, em local visível e de fácil acesso.
  • Mercados menores –  Devem oferecer 1 (uma) balança aos clientes, também em local visível e de fácil acesso.

O descumprimento dessa norma acarreta sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor! Isso mesmo, vai doer no bolso!

Como vocês acompanham aqui o Blog da Allgenius, não vão ser pegos de surpresa…
Então não deixem para depois, as balanças custam muito menos que uma sanção. Além de agradar ao consumidor, que vai poder conferir o peso dos produtos, comprar com mais segurança e aumentar a confiança na sua loja.

Outro fato importante, é que essas balanças vão ficar expostas ao público, então é necessário adquirir um produto de maior durabilidade, devido a esse contato direto.  Afinal o cliente pode acabar sendo um pouco “enérgico” na utilização.  Em breve vamos preparar um artigo completo sobre isso aqui no blog…

Mas como sei que você não pode esperar, afinal tempo é dinheiro vou deixar aqui um link especial para nosso Whatsapp: Se estiver no celular,  vai abrir direto uma conversa com a gente, se estiver no computador, vai abrir uma aba do whatsapp web e iniciar uma conversa conosco também. Ambas as possibilidades com uma mensagem padrão “Sobre as Balancas”.

Eu vou saber que é esse assunto e vou te dar uma luz sobre os melhores equipamentos. Calma que é de graça. Fica a vontade, manda um Oi, vou ter o maior prazer em te ajudar. Afinal:

“Quer ir rápido? Vá sozinho. Quer ir longe? Vá acompanhado…

Nós queremos ir longe!”

Clique aqui para falar conosco no Whatsapp!

#EstamosJuntos sempre!
Conte com a equipe Allgenius para te ajudar a crescer.

Curta nossa página no Facebook e perfil do Instagram para receber as novidades e dicas mais relevantes:

Facebook

Instagram

Até a próxima!

 

fonte -> Jusbrasil

Fim do prazo de fruição do benefício de isenção da alíquota a 7% sobre os produtos componentes da Cesta Básica

 

Decreto 46.523/2018 – Encerramento Benefícios Fiscais

O Decreto 46.523/2018 determinou as datas finais para fruição de alguns benefícios fiscais no Estado do Rio de Janeiro. Dentre eles, a ISENÇÃO do ICMS nas operações de saída dos produtos que compõem a cesta básica, promovidas por estabelecimentos varejistas diretamente ao consumidor.

Ou seja, as empresas varejistas (ex: supermercados), poderão utilizar-se do benefício da ISENÇÃO DA CESTA BÁSICA, somente até 31/12/2018, data final da fruição do benefício.

A partir de 01/01/2019, todos os produtos que compõem a cesta básica (estabelecida pela lei 4892/2006) serão tributados á alíquota efetiva de 7% de ICMS, quando da VENDA AO CONSUMIDOR FINAL.

Segue a lista dos produtos que serão impactados com esta mudança.

ATENÇÃO: A empresa deverá efetuar o LEVANTAMENTO DE ESTOQUE (em 31/12/2018), de todas as mercadorias que compõem a CESTA BÁSICA (relação completa abaixo), com a finalidade de apurar os devidos CRÉDITOS de ICMS a serem aproveitados na apuração do ICMS dos meses seguintes.

Produtos que passarão a ser tributados as 7%
1 -feijão;

2 -arroz;

3 -açúcar refinado e cristal;

4 -leite pasteurizado líquido, não incluído o que sofreu tratamento térmico de ultrapasteurização (UHT);

5- café torrado ou moído;

6 -sal de cozinha;

7- gado, aves, bem como os produtos comestíveis resultantes de sua matança, em estado natural, resfriado ou congelado;

8- pão francês de até 200 g;

9- óleo de soja;

10- farinha de mandioca;

11 -farinha de trigo, inclusive pré- mistura destinada exclusivamente à fabricação de pães;

12- massa de macarrão desidratada;

13- sardinha em lata;

14- salsicha, linguiça e mortadela;

15- charque;

16 -pescado, exclusive crustáceos, salmão, adoque, bacalhau e moluscos, exceto mexilhão;

17- alho;

18- margarina vegetal, exclusive creme vegetal, acondicionada em embalagem de até 500 gramas;

19- fubá de milho;

20 -escova dental;

21- creme dental;

22- sabonete;

23- papel higiênico;

24- vinagre;

25- preparado antissolar com fator de proteção solar igual ou superior a 30 (trinta);

26- repelente de insetos com ao menos um dos componentes como Icaridina, DEET ou IR 3535, em sua composição.

27- água mineral em embalagens retornáveis de 10 (dez) ou 20 (vinte) litros.(NR)

 

Nós da Allgenius estamos passando a informação porém aconselhamos a procurar sua contabilidade e caso tenha alguma empresa de Revisão fiscal que apure seus produtos periodicamente entre em contato também com o mesmo.

 

 

 

 

 

Sejam Bem-vindo ao Blog Allgenius!

Nessa postagem inaugural do nosso Blog, vamos contar um pouco do que esperar de conteúdo e dos assuntos que vamos abordar.

Se prepare e seja bem-vindo a Allgenius!

Nós da Allgenius somos especialistas (e apaixonados) por novas tecnologias e por soluções que resolvam os problemas dos nossos clientes e tornem nosso trabalho mais ágil e eficiente. Por isso estamos sempre conectados nas novidades do mercado e todos os assuntos que possam impactar positiva, ou negativamente, nossos colaboradores e amigos.

Dito isso, saiba que aqui no nosso Blog você vai ter informações de qualidade e selecionadas especialmente para você que é comerciante, empreendedor ou entusiasta do varejo. Então não perca essa oportunidade única de encontrar todo o conteúdo específico para o seu negócio em um só lugar, favorite nossa página e assine nossa lista de e-mails! Assim você vai ser avisado de qualquer novidade aqui do blog e também do mercado. Não vai ficar em desvantagem para com os concorrentes, não é?

-“Ok, legal! Mas o que é a Allgenius?”

Somos uma empresa com 10 anos de experiência no ramo de Automação Comercial, Infraestrutura de T.I., Suporte..(veja todos os nossos serviços clicando aqui).  Sempre inovando e mantendo um padrão de qualidade, tanto que a cada ano angariamos mais clientes e parceiros para o nosso grupo. Veja um pouco mais sobre nós aqui, aguardamos ansiosamente para que você seja nosso mais novo caso de sucesso!

 

E se você está precisando de uma empresa de automação e T.I. para o seu comércio: séria, com muita experiência de mercado e com qualidade diferenciada. Não exite em nos contatar: Entrar em contato.

Nos vemos nas próximas postagens!

Atenciosamente, Equipe Allgenius.